Como fazer a avaliação do programa de treinamento corporativo?

Um programa de treinamento corporativo pode ser executado com máxima excelência, mas os resultados só aparecerão após efetuar uma avaliação de qualidade. Saiba mais a seguir.

Avaliação de programa treinamento

Uma avaliação referente a um programa de treinamento pode ser realizada logo após a capacitação dos colaboradores, pois ela tem o objetivo de analisar os resultados e os pontos positivos e negativos de tudo que foi absorvido na aprendizagem.

Ela também pode ser iniciada durante a execução do programa, mas, nesse caso, terá como objetivo a certificação da qualidade da capacitação, se ela está de fato sendo absorvida pelos colaboradores.

Caso não esteja sendo aproveitada, pode ser o momento de rever o método de ensino ou a aplicação do treinamento.

Logo após o diagnóstico das necessidades e uma vez que o planejamento esteja feito corretamente, é momento de retirar tudo do papel e colocar todo o ensinamento em prática.

Pontos importantes para a avaliação do programa de treinamento

É importante ressaltar que, antes de analisar a capacitação destinada aos colaboradores, é necessário levantar alguns pontos básicos sobre o treinamento, como, por exemplo:

Entender as necessidades

Conhecer cada detalhe das necessidades da empresa é fundamental para saber a melhor forma de avaliar aquilo que foi destinado ao aprendizado dos colaboradores.

Planejamento

É essencial desenvolver um planejamento adequado, deixando claros a metodologia e os métodos a serem utilizados, bem como quem o desenvolverá.

É importante também definir se será EAD (com uma plataforma de treinamento online) ou presencial.

A maneira como o programa de treinamento é executado (presencialmente ou EAD) interfere no método de avaliação de desempenho, realizado durante o processo de capacitação.

Por isso é essencial aplicar a avaliação e verificar o colaborador que está realmente absorvendo aquilo que está sendo passado e também aqueles que não estão aproveitando o conteúdo oferecido.

Caso o programa seja feito presencialmente, a avaliação precisa analisar o comportamento de cada colaborador para ter certeza de que o conteúdo da capacitação foi aproveitado.

Uma boa maneira é os gestores verificarem as notas de provas, exames ou atividades oferecidas durante o processo.

Em caso de EAD, pode-se avaliar o desempenho do funcionário, conferindo o tempo em que ele ficou em cada módulo e a participação nos fóruns de discussão.

Há, ainda, as avaliações destinadas a entender o desempenho final do colaborador, como a Avaliação de Comportamento, que falaremos mais para frente.

Métodos de avaliação do programa de treinamento

Existem quatro métodos de avaliação para um programa de treinamento e, para que você entenda melhor quais são eles e a função de cada um, listamos a seguir cada uma das ferramentas.

1.  Avaliação de Reação

Neste primeiro método de avaliação, o objetivo é entender como foi a experiência de cada colaborador durante as sessões: desde a metodologia aplicada, os temas abordados e a forma como o responsável pelo treinamento explicou o conteúdo.

Ou seja, esta análise serve para entender de forma qualitativa e quantitativa a percepção e absorção do colaborador, como forma de melhorar os seus resultados profissionais.

2.  Avaliação de Aprendizagem

A avaliação de aprendizagem serve para mensurar a qualidade do treinamento empresarial. Por exemplo: através desta análise é possível identificar a aquisição de novas habilidades e conhecimento por parte dos colaboradores.

Vale ressaltar que durante o planejamento, estes pontos de habilidades e de conhecimentos precisam estar bem definidos.

A empresa precisa ser objetiva em detalhar quais os conhecimentos e competências devem ser adquiridos pelos seus colaboradores, por meio da capacitação.

Para que esta avaliação seja mais específica e demonstre os verdadeiros resultados, é aconselhável que um exame de competência seja ministrado antes e outro exame seja aplicado após o treinamento corporativo.

Desta forma será possível avaliar o nível de conhecimento e habilidades que foram adquiridas através da qualificação.

3.  Avaliação de Comportamento

Neste ponto, avalia-se o comportamento do colaborador. O funcionário precisa ter realmente absorvido e compreendido o assunto abordado para que possa colocar em prática no seu dia-a-dia o conhecimento adquirido.

Sendo assim, para utilizar esta avaliação, o ministrante deve manter um acompanhamento junto aos gestores, para analisar os índices de produtividade dos colaboradores, a fim de medir as habilidades e os conhecimentos que foram obtidos.

Seguindo a mesma regra da avaliação de aprendizagem, é essencial que uma avaliação seja realizada antes e outra depois de finalizadas as sessões, para que, assim, os índices de produtividade e desempenho possam apresentar resultados positivos.

4.  Avaliação de Resultados

Para que os resultados sejam favoráveis nesta parte da avaliação, é imprescindível que no início do programa estes índices já estejam estabelecidos.

Desta forma, com os objetivos estabelecidos, é fácil analisar os pontos positivos que o treinamento in company ou à distância trouxe para a empresa.

Este é um dos métodos de avaliação mais importantes, pois os resultados apresentados aqui interferem na vida financeira da organização.

Os resultados são vistos quando acontece:

  • aumento das vendas;
  • redução de custos;
  • maior satisfação dos clientes com a empresa;
  • ganhos financeiros; e
  • baixo índice de turnover.

A importância dos métodos de avaliação

As avaliações são de suma importância, pois elas comprovam os resultados adquiridos através do treinamento realizado na organização.

É por meio destes métodos que o gestor consegue entender o nível de habilidade e de conhecimento dos seus colaboradores, conseguindo aproveitar o que cada um tem de melhor, de acordo com o seu talento.

Mas, vale ressaltar que para tudo isto ocorra, o planejamento que antecede a capacitação deve ser muito bem desenvolvido, de forma com que seja possível aproveitar e pôr em prática todo o conteúdo oferecido.

É possível dizer que treinamento e avaliação são complementares: um treinamento desenvolvido corretamente, aplicado e não avaliado, não demonstra os resultados de forma clara e isto pode acabar deixando os gestores em dúvida em relação ao investimento.

Uma avaliação realizada anteriormente a um treinamento serve para mostrar as necessidades e os pontos de melhoria de uma organização, porém, sem a capacitação adequada oferecida, estes dados dificilmente serão alterados e resultados positivos dificilmente serão alcançados.

Para melhoria da produtividade e do desenvolvimento da empresa, aposte em um bom programa de treinamento e uma avaliação minuciosa dos resultados pré e pós-capacitação.

, enviamos uma cópia para o seu e-mail!

O download já começou. Caso não tenha iniciado, confira seu e-mail.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário